Em Fundamentos

O paradigma com o qual você conduz sua vida muda em uma perspectiva consciencial. As atitudes e a vivência do dia a dia se transformam dando foco produtivo à sua vida. Quando incorporamos a multidimensionalidade e a pluralidade existencial (múltiplas existências, reencarnação, vida após a vida, etc) em nosso cotidiano, temos uma ampliação inevitável dos processos evolucionários individuais, e por isso uma nova visão de mundo.

A dimensão que temos da vida se amplia em muitas direções, e por isso a percepção sobre o mundo e sobre as relações com as pessoas também muda em um sentido propositivo. Dada uma condição em que o mundo e a vida é maior do que pensamos… a nossa responsabilidade também aumenta.

Sob esses pontos de vista, algumas das nossas atitudes deixam de ter significado, pois podem não produzir os melhores resultados para os processos de conflito, tanto pessoais quanto interpessoais. Nessa nova condição é fundamental “reaprender a viver”.  Isso significa que vamos perceber atitudes que, muitas vezes relegadas ou evitadas, poderão produzir resultados mais duradouros e assertivos em relação às nossas expectativas diante de situações que a vida nos traz.

Se entendermos, por exemplo, que a vida continua após a morte, e por isso a nossa existência se prolongará por novas conjunções interpessoais em novas vidas, é certo que teremos reencontros com quem estamos nos relacionando mais à frente. Da mesma forma, podemos estar vivendo já muitos reencontros que vivenciamos no nosso passado e dessas pessoas com as quais estamos nos relacionando agora.

Diante desse quadro de interrelações pessoais pré-existentes, é certo que precisamos adaptar muitas das nossas atitudes considerando essa dimensão do tempo, de espaço e de vivência. Se vivemos uma situação presente de conflito com alguém, não estou dizendo simplesmente que devemos tolerar situações de conflito ou negar a autodefesa, mas teremos que tomar atitudes melhores daquelas que tomaríamos em muitos casos.

A vivência da pluralidade existencial ajuda a criar as condições intrapessoais necessárias para compreender melhor muitos dos nossos comportamentos imaturos que ainda carregamos em nossas vidas, tais como inveja, preguiça, presunção, mágoa, ódio, menosprezo, racismo e tantos mais que nos prejudicam tanto. Diante de um quadro de múltiplas vidas, sentimentos que nos atrapalham deixam de fazer sentido e perdem força na medida em que a nossa lucidez se faz cada vez mais presente.

Muitas das consciências que ainda se encontram imersas em sentimentos patológicos não percebem o quanto esses sentimentos as afastam das reais soluções de muitos problemas que fazem parte das suas vidas. Novas perspectivas de vida podem ajudar as pessoas a compreender melhor seus processos individuais e ampliar o seu campo de visão evolutiva, tanto individual quanto coletiva.

Viver o presente tendo a experiência do passado como guia pode nos preservar de um futuro que não queremos vivenciar. Uma espécie de higienização espontânea das nossas atitudes começa com pequenas mudanças do nosso paradigma vivencial.

~~~ * ~~~

Reaprendentia é uma organização sem fins de lucro com base no voluntariado. Oferecemos informações, cursos e oficinas para promover experiências pessoais com bioenergias, dimensões extrafísicas e autoconhecimento através da aprendizagem em um contexto de múltiplas vidas. Atividades são organizadas regularmente em Foz do Iguaçu, PR, Blumenau, SC e São Paulo, SP.  Assine o nosso newsletter e mantenha-se informado sobre eventos em outras cidades do Brasil e da publicação de novos artigos nesse site.

Enviamos nossos e-mails com certificação anti-spam. Respeitamos a sua privacidade e esperamos que o conteúdo do nosso informativo seja útil. Se em algum momento desejar sair da nossa lista, será possível sair com apenas um clique.

Imagem por Igor Cancarevic

No votes yet.
Please wait...
Malcon Tafner
Malcon Anderson Tafner, Prof. Dr. . Pesquisador, autor e professor de conscienciologia - neociência da consciência. Formando em ciências da computação, Mestre e Doutor em Engenharia. Publicou diversos artigos científicos e livros técnicos. Atuou como professor universitário por mais de 20 anos, e por mais de 10 anos como dirigente de instituições de ensino. No âmbito da conscienciologia atua como voluntário da Reaprendentia. Realiza pesquisas em torno da evolução da consciência, da neurociência e do auto-conhecimento.

Envie um Comentário

Artigos Recentes

Digite o termo que procura e pressione "enter" para iniciar a busca.